Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

"Inspiration is the Key..."


10
Jan15

Hoje acordei e fui ao facebook... Deparei-me com uma publicação que uma amiga partilhou referente ao novo videoclip da cantora Sia. Ora gostando eu (e bastante) do último trabalho dela (a música Chandelier) e a grande, mas GRANDE interpretação por parte da rapariga que dança no vídeo, Maddie Ziegler, fiquei curiosíssima com este novo projeto e então lá fui eu cuscar a música...

 

Tenho a dizer-vos que adorei. Adorei a combinação da Maddie com o actor Shia LaBeouf, apesar de este não ser um dos meus favoritos, penso que o trabalho, a história, a música, a interpretação de ambos foi soberba. Para mim vi alguém a tentar lidar com dois lados muito diferentes, sendo que um estaria destinado a ficar para sempre confinado, escondido, vulnerável; e o outro, apesar de querer conviver com esse lado mais frágil está livre e vai e vem quando quer e bem lhe apetece. Para mim é uma história de bipolaridade, para outros é a interpretação que a Sia dá à relação que teve com o pai (que supostamente sofria e lidava com problemas psicológicos), mas, para algumas pessoas (e foi isto que me levou a escrever este post) o vídeo é sobre abuso sexual e pedofilia!!! Gente, por amor de Deus... 

 

Em primeiro lugar basta ver, com olhos de ver, o vídeo. Não há nenhuma expressão, nenhum toque, nada mas absolutamente nada que dê alguma conotação sexual a este vídeo. E se conseguem ver alguma então lamento mas há algo de muito errado na vossa visão.

 

Em segundo lugar, muitas pessoas atribuem esta conotação ridícula ao vídeo visto que as duas personagens estão a usar fatos 'nude' (à semelhança do que aconteceu em 'Chandelier' já agora...). Em muitas peças de dança interpretativa e contemporânea os bailarinos estão mesmo nus, ou usam peças da cor da sua pele, não para atribuir um aspecto sexual à peça, mas para demonstrar a vulnerabilidade das personagens que interpretam, ou até para permitir ao público que está a ver que se concentre apenas na dança e não nos eventuais acessórios que podem muitas vezes distrair. Assim mesmo naquela do 'eu sei mesmo dançar, olhem para o que eu estou a fazer, não preciso de acessórios nem de roupas vistosas para demonstrar o meu talento'.

 

Em terceiro, e último lugar, em que mundo é que este vídeo, que na minha opinião é uma obra de arte extremamente bem executada, é criticado porque simplesmente tem uma rapariga de 12 anos  e um homem de 28 a dançar, e repito a DANÇAR e interpretar juntos; e vídeos que ultra sexualizam as mulheres, vídeos que ofendem e descartam certos e determinados tipos corporais (porque claro está só um é que pode ser considerado ideal os outros que se lixem -.-'), vídeos que mostram homens (normalmente os vocalistas dessas canções) em grandes mansões com montes de mulheres a fazerem-se a eles e a 'dançarem' praticamente nuas e a abanar o rabo para as câmaras não o são?

 

Toda a gente está no seu direito de realizar e interpretar os vídeos da maneira que quiser, no entanto não vejo como é que a sociedade está tão bem com certo tipo de coisas e depois vem uma completamente diferente do que estão habituados e pumba! Não pode ser porque blá blá blá... Enfim...

 

Deixo-vos com o vídeo, para poderem tirar as vossas próprias conclusões.

 

**

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:56


4 comentários

Imagem de perfil

De Magda L Pais a 10.01.2015 às 19:36

Malta com demasiado tempo livre....(quem vê o que não está no vídeo)
Imagem de perfil

De Musa a 10.01.2015 às 20:10

Pois eu concordo também ... É que só pode...
Sem imagem de perfil

De Inês Silva a 11.01.2015 às 08:46

concordo com as tuas palavras!
Imagem de perfil

De Musa a 11.01.2015 às 12:36

Obrigada Inês :)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D